sábado, 26 de junho de 2010

A Bíblia

Bíblia palavra de origem grega (tà bíblia) significa os livros. Os antigos a denominavam de escrituras.

A esse conjunto de livros diversificados na forma e no conteúdo liga-se um todo único e homogêneo representado pela mensagem religiosa e filosófica nela contida.

Para os cristãos a Bíblia encontra-se dividida em duas unidades: o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Para os judeus estão excluídos, o Novo Testamento e todos os livros do Antigo Testamento, cujos originais eram gregos e deles traduzidos. Assim excluem do Antigo Testamento todos os livros não diretamente traduzidos do hebraico: Judith, Tobias, Livros I e II dos Macabeus, Sabedoria, Eclesiástico, Baruch.



A Bíblia é um livro escrito por homens e mulheres inspirados por DEUS. Ele foi escrito entre o ano 1250 antes de Cristo e o ano 100 depois de Cristo, aproximadamente.

Composta por 66 livros, sendo 39 no Antigo testamento e 27 no Novo Testamento.

A Bíblia católica possui 73 livros, 7 livros a mais que a cristã protestante.
Esses são os livros apócrifos. Os apócrifos são livros escritos nos tempos em que foram escritos os demais livros, mas que não foram escritos sob inspiração de Deus e, por isso, não pertencem ao livro da Bíblia.

O Antigo Testamento esta subdividido em: PENTATEUCO (os cinco primeiros livros, do Gênesis ao Deuteronômio; livros HISTÓRICOS (16 livros, de Josué a Macabeus); livros POÉTICOS ou SAPIENCIAIS (7 livros, de Jó a Eclesiástico) e, livros PROFÉTICOS ( 18 livros, de Isaías a Malaquias).

O Novo Testamento também esta subdividido: livros HISTÓRICOS (os 4 Evangelhos mais o livro dos Atos dos apóstolos); CARTAS DOS APÓSTOLOS (21 cartas, de Romanos a Judas) e, livro PROFÉTICO (apenas um, o Apocalipse, o último livro da Bíblia).

”A comunidade científica tem defendido a Bíblia como um importante documento histórico, narrado na perspectiva de um povo e na sua fé religiosa. Muito da sua narrativa foi de máxima importância para a investigação e descobertas arqueológicas dos últimos séculos. Mas os dados existentes são permanentemente cruzados com outros documentos contemporâneos, uma vez que, a história religiosa do povo de Israel singra em função da soberania de seu povo que se diz o "escolhido" de Deus e, inclusive, manifesta essa atitude nos seus registros. (Fonte: Wikipédia)”.

A Bíblia fechada é um livro comum igual a todos os outros, mas aberta, lida e entendida nos passa o que DEUS tem para nos falar.

"O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar." (Mateus 24.35)

 Por: Claudio Alves

2 Comentários:

AmoJoias disse...

Oiii Claudio! Tudo bem? Obrigada pela visita! Seja bem vindo!
Estou conhecendo seu cantinho e achei super legal e bem informativo, as vezes, achamos que sabemos os significados, mas vendo esses detalhes e histórias conseguimos ir de encontro com o passado e de maneira tão fácil que será dificil esquecer!
bjus

R149 3o75s disse...

"A Bíblia católica possui 73 livros, 7 livros a mais que a cristã protestante.
Esses são os livros apócrifos. Os apócrifos são livros escritos nos tempos em que foram escritos os demais livros, mas que não foram escritos sob inspiração de Deus e, por isso, não pertencem ao livro da Bíblia."

Agora digo eu: Okê? ÁááwhuaáharaárRáha´...Eçça foi de lazcar...Faz me rir,tanta cegueira,Ó viventes mortos!...
Sugiro que pesquisem sobre os essênios,verdadeiros "cristãos" que não tinham o "rabo" preso em "sociedades" e sinagogas deslavadas...

Postar um comentário

<<

  ©CopyRight © Ministerio Ebenezer em Rio Das Ostras

TOPO